quinta-feira, 22 de setembro de 2011

I Love Youuuuuu



Como já disse algumas vezes, estou em terras do Tio Sam, como AuPair.

Tomo conta de duas meninas, gémeas, com 20 meses.

No ínicio, aquilo a que chamam fase de habituação, não foi um período nada fácil, mas 3 (sim, três) meses depois, parece que elas lá deixaram cair a guarda e já se riam para mim e até colaboravam!
No entanto, só para dar uma ideia, as alcunhas (carinhosas) que lhes coloquei, foram:

- Drama Queen - sim, ela chora por dois motivos: por TUDO e por NADA
- Bin Laden - sim, a verdadeira terrorista!!!

Apesar de (quase) 6 meses depois, ainda haver alturas em que sou preterida por outras pessoas, a "minha" terrorista tem desenvolvido uma relação muito gira comigo!
Nos últimos dias (depois de uma semana de férias), não quer a mãe, quando esta chega a casa e grita "Sa...Sa..."!

( O que eu me derreti quando começaram a dizer o meu nome...aí há coisa de um mês...)

Hoje, tive a MAIOR surpresa de todas!!!

A minha terrorista (ou gorda, como também carinhosamente lhe chamo), veio a correr para mim e quando chegou, olhou para mim e disse-me: "I Love Youuuuuuu".
(Sim, Youuuuuuu, com aquela boquinha de funil que eles fazem quando querem mesmo acentuar qualquer coisa!!!)

Logo a seguir, desatou a correr na direcção oposta, mas isso é um pormenor de menor importância!!!

(Para compensar todo este amor, também devo dizer que mordeu o braço da irmã, como se de uma perna de frango se tratasse...mas enfim! Nem tudo pode ser perfeito!!!)

Anteontem, foi assim...


Anteontem, fui ao cinema com a minha amiga francesa!

Sim, podia-nos ter dado para pior, mas a verdade é que, há dois meses atrás, assim que vimos a apresentação deste filme, decidimos que queríamos reviver os tempos de criança...desta vez, um pouco mais evoluídos, uma vez que o filme era em 3D.

Sim, é exactamente o mesmo filme, com a mesma história, com os mesmos 86 minutos...mas é tão giro ouvir novamente o "Hakuna Matata"!!!

Para quem quiser mostrar aos filhos, sobrinhos, afilhados e companhia, a verdadeira magia dos antigos filmes da Disney, aconselho vivamente!!

Para aqueles que apenas querem matar algumas saudades:

http://www.youtube.com/watch?v=U6vLAa-kylM&feature=fvst

Selo


Eu, que sou uma "nódoa" nestas coisas, só vejo os blogs dos outros e (muito raramente) dou a atenção devida ao meu, lá recebi uma prendinha...(devo dizer que já foi há umas semaninhas...)!!!


Como mandam as regras:


As regras são:


1-Indicar quem presentou com o selo:
um blogue que recomendo: http://elguinhas.blogspot.com/


2-Partilhar 7 coisas sobre mim:


- Encontro-me em Terras de Tio Sam, como AuPair;
- Adoro Tina Turner!!!!
- Adoro dormir;
- Sou Benfiquista;
- Azul é uma das minhas cores favoritas;
- Adoro lêr;
- Adoro viajar;


3- Vou dar este selo aos seguintes blogues:


http://www.elguinhas.blogspot.com/
http://gelatinamorango.blogspot.com/
http://coconafralda.clix.pt/
http://pandaquerida.blogspot.com/


Recomendo todos!!

Porque é urgente actualizar...



Ai, que, de uma vez por todas, tenho de ganhar juízo e dedicar mais atenção a este cantinho!!!


Passo horas a ler os blogs dos outros e nunca (ok, raramente) actualizo o meu!!!


Como tal (e para me redimir dos meus pecados), hoje devo "postar" duas ou três vezes....

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Repto, no País das Maravilhas!!!

Ora então, eis que comecei realmente a interagir na blogosfera!!!
É oficial!!!

Se quiserem consultar fotos e alguns testemunhos de viagens de membros da blogosfera e não só, aconselho o blog da Olívia no País das Maravlihas:

Aqui

Participei no repto lançado por ela e lá estão as minhas fotos da viagem ao Dubai, em 2010!
São muito poucas, comparadas com as que tirei, mas sempre dá para matar o bichinho!!!

Sim, já que por razões várias, não pude publicar as de outra viagem, não é???


Ainda hoje, vou dar mais sinal de vida!!!!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Irene, sua malandra!!!!

Parece que esta é a semana das emoções!

Ora vejamos...

Na 3ª feira, estava eu descansada em casa, com as "monstrinhas" (nome, carinhoso, adoptado por mim) a dormirem a bendita sesta e recebo um telefonema da mãe delas.

- "Sara, está tudo bem aí em casa?"
- "Sim...(ao mesmo tempo que perguntava a mim mesma porque é que não haveria de estar)"
- "As meninas, estão bem?"
- "Sim, estão a dormir...mas aconteceu alguma coisa?"
- "Houve agora um terramoto e sentimos em Nova Iorque. Sentiste?"
(Ok, ainda pensei em dizer que sim e mostrar como conseguia manter a calma numa situação destas, mas...)
- "Não...Por aqui, está tudo normal e, garantidamente, nada abanou aqui!"

Cinco minutos depois deste telefonema, o meu telefone português não parou de tocar. Ora mensagens, ora telefonemas. As linhas estavam "maradas" e, embora chamasse, quando se atendia, a chamada ia abaixo!

Resumindo, houve um terramoto de escala 5.9 que foi, também, sentido em Nova Iorque.

Na 5ª feira, estava eu em casa e a mãe das crianças chega e diz-me.

- "Não sei se ouviste as notícias, mas está previsto um furacão para este fim-de-semana."

Honestamente? Não, não ouvi as notícias! Desisti de ver as notícias a partir do momento em que apresentam no telejornal uma rúbrica intitulada "Notícias à volta do Mundo" e, afinal, estas notícias eram só relativas à outra costa americana! (Definitivamente, para eles, não existe mais nada para além...deles próprios!)

Resuimndo, está tudo em alerta!
Parece que a Irene (sua marota), tem intensidade 2 (que não sei exactamente o que significa), vai bater em grande a zona de Nova Iorque e, não contente com isso, vai continuar a andar mais um bocadinho e vem parar a Stamford!

Devo dizer que acho que ainda não estou bem consciente do que aí vem...Em Portugal não há cá destas coisas e tendo em conta a capacidade de dramatizarem dos americanos, acho que vou mesmo esperar para ver o que aí pode vir.
De qualquer forma, a dispensa cá de casa está atestada com comida, águas, lanternas e pilhas.
A mobília do jardim foi guardada na garagem, os carros estão atestados com gasolina (mas só um está fora da garagem...sim, porque acham que, se o vento for suficiente para levar um carro, pelo menos, só leva um... PORMENOR: as casas são feitas de madeira, portanto, se levar um carro, duvido que a casa fique, pelo menos, inteira.), os tapetes também foram tirados das 350 portas que esta casa tem e penso que estamos preparados!!!
(Só uma cusquice: os pais das crianças bebem sempre vinho à 6ª à noite...o pai achou sensato encher as garrafas de vinho vazias, com água...mas quase não as lavou...enfim, aguinha com sabor a vinho...vai ser um mimo!!!)

Hoje, recebemos um telefonema, da Cidade de Stamford, a dizer (basicamente):
- que não está imposta nenhuma ordem de evacuação, mas caso isso aconteça, seremos avisados;
- devemos carregar as baterias dos telefones, assim como as demais que achemos necessárias;
(agora pergunto eu...se o furacão for realmente forte, qual é a probabilidade das linhas telefónicas funcionarem??? Não é por isso que não vou carregar os telefones, mas acho que é uma questão legítima!!!)
- abastecermo-nos de comida e bens que consideremos essenciais;
(os pais das crianças só se esqueceram mesmo de comprar fraldas, mas lá fui eu...que boa rapariga que eu sou!!!)

Acho que o mais importante foi mesmo isto...
Ah, os parques serão encerrados amanhã a +artir das 12h e não haverá combóios e outros transportes a funcionar.
Fiquei agora a saber que, por uma questão de precaução, o Metro de Nova Iorque também não vai funcionar...

Bem, para já aqui está a última actualização!!!
Sem por nada em risco, ( e se houver furacão), tentarei tirar fotos ou fazer um filmezinho!! (sim, porque uma sala de brincar, toda em vidro, tem as suas vantagens!!!)

Irene, vem, sua malandra!!!!
Temos água suficiente e 3 latas de sopa!!!
Com jeitinho, ainda se arranja um franguinho para o jantar!!

Ah Ah Ah Ah Ah

Vou dando notícias....

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Más notícias...Maldito cancro!!!!


Infelizmente, mais um caso de cancro.

Realmente, esta maldita doença não escolhe mesmo quem ataca...não me venham cá com a história que só ataca pobres, pessoas que comem fast-food ou que não praticam exercício...

Desejo-lhe boa sorte e espero que tenha sido detectado a tempo de ser derrotado pelos tratamentos.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Luzes, Câmara....Acção!!!!



Three friends conspire to murder their awful bosses when they realize they are standing in the way of their happiness.


Director:

Seth Gordon

Writers:

Michael Markowitz (screenplay), John Francis Daley (screenplay), and 2 more credits »


No outro dia, em conversa com a minha irmã, depois de lhe fazer uma lista interminável dos 1500 filmes que já vi desde que estou em terras de Tio Sam, ela disse-me que eu devia começar a escrever sobre os mesmos.

Se há coisa que gosto, é ir ao cinema, mas nos últimos tempos em terras lusas, não tive tempo, vontade, oportunidade e, quem sabe, companhia. Como tal, fui adiando, adiando, adiando...

Quando cá cheguei, passado muito pouco tempo, estreou o "Water for Elephants" e, não tendo nada a ver com os actores, depois de ver o trailer, fiquei com uma vontade ENORME de ver aquele filme!
Ainda pensei que aquela aventura seria um tiro no pé (como eu gosto desta expressão), uma vez que eram 2h de filme, em inglês, sem legendas...

Afinal, a coisa não correu mal e acho que percebi 98% do filme.
Digamos que foi o suficiente para alimentar o bichinho e pensar "Bem, já que não há mesmo de interessante para fazer nesta localidade durante a semana, bora para o cinema!!".

Depois, arranjei a companhia, o que facilitou e MUITO as coisas...

Resumindo e concluindo...todas as semanas, pelo menos uma vez, lá estamos nós no cinema!

Já vimos de tudo...o que queríamos, o que não estávamos à espera (porque afinal, as sessões anunciadas na internet foram extintas), o que nem pensávamos ver...um pouco de tudo!

Esta semana, foi a vez deste filme "Horrible Bosses"!

Devo dizer que a minha expectativa não era nenhuma, mas uma 3º feira, em casa, com uma alminha pouco conversadora, era demais para mim, para defenhar no sofá, a ver as supostas notícias do mundo que se reumem à outra costa americana...Confusos??? Eu depois explico tudo!(Já tenho tema para mais logo...eh eh eh)

Posso dizer que, pelo trailer, tirei uma conclusão e, no fim do filme, tinha chegado a outra completamente diferente!
Adorei o filme pela sua estupidez natural, pela senhora que estava sentada à nossa frennte e dava pulinhos na cadeira cada vez que se desmanchava a rir, pelas sonoras risadas dos outros e por todos aqueles que não percebiam patavina das piadas (e tinha eu medo de não perceber os filmes...!!!!).

Acho que vale a pena. Pode ser uma opção para passar 100 minutos distraídos, para rir e achar que há coisas mesmo parvas e, quem sabe, para aqueles que estão descontentes com os patrões, arranjarem uma solução!!!

(Hum...tenho a sensação que não devia ter visto o filme!!ah ah ah ah)



E assim se inicia a crónica "Luzes, Câmara...Acção!!!"

(desculpem lá a introdução à história estar em inglês, mas achei a tradução demasiado pirosa...)

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Eu e os Livros



Que saudades que tenho de um bom livro!!!

Quando me im embora, já não tinha espaço nas malas ou peso disponível para carregar os 1001 livros que quis trazer comigo...oh, como me arrependo!

Peço, encarecidamente, às próximas vistas, que me tragam livros...carradas (quer dizer, carradas também não) de livros!!!!

domingo, 3 de julho de 2011

State of Mind

Alexander McQueen @ Metropolitan Museum of Art

Alexander McQueen


Quando cheguei, há (quase) 3 meses, uma outra rapariga alemã, que também está cá como Au Pair, falou-me de uma exposição que estava no Metropolitan Museum of Art, sobre o Alexander McQueen.

Basicamente, é uma exposição com alguns dos fatos mais controversos deste estilista que, em 2010, decidiu por fim à vida.


By Alexander McQueen

Devo dizer que nunca fui grande seguidora do trabalho dele, mas o bichinho ficou cá dentro e sempre a pensar que, um dia, havia de lá ir....

Entretanto, descobri que a entrada no Museu eram 25 dólares...ok, não é o fim do mundo, mas para mim, que nunca fui uma fiel seguidora do trabalho dele e que achava que ele era mais um louco e excêntrico, pensei que talvez fosse um pouco de mais.

No entanto, quando abri a minha conta no banco, descobri que não pagava entrada nos museus, no 1º Domingo de cada mês! Que pena, como devem calcular...

Mais tarde, percebi que a exposição acabava em Agosto e, infleizmente, não a poderia ver com uma pessoa que eu sei que ia adorar...a minha irmã!



By Alexander McQueen
Anteontem, em conversa com essa mesma Au Pair, enquanto decidíamos o que fazer no fim-de-semana da Independência, marcámos ir ao Museu..."Ah e tal, 1º Domingo do mês, eu nem pago a entrada...BORA!"
(claro que a conversa não foi bem esta em inglês, mas foi qualquer coisa de parecido com isto)

Entretanto, há uns dias atrás, enquanto cuscava uns quantos blogues, descobri um em que relatavam a visita à exposição e devo dizer que a descrição me deixou com água na boca.
Pequeno pormenor...a pessoa em questão tinha estado 3horas à espera para ver a dita exposição.

Portanto, hoje, às 8 da manhã, lá estávamos nós na estação de combóios para ir para Nova Iorque e dar corda aos sapatos até ao museu (mas até acabámos por apanhar o Metro).
Chegámos lá por volta das 9h30m, demos uma voltinha pelo que nos interessava ver e "corremos" pelas zonas que menos nos interessavam...

E lá fomos nós para a dita!
Vá lá...45 min. de espera!




By Alexander McQueen

Bem, a organização está fantástica e só tenho mesmo a apontar o dedo a um pormenor...o número de pessoas de cada grupo que entra é demasiado elevado para a largura dos corredores que percorrem a exposição!

Depois, já se sabe como é...há sempre o curioso que quer mexer, a senhora que olha 20 minutos para o mesmo fato, o senhor com 300kg que consegue tapar a visão sobre 2 fatos...mas pronto!

De resto, devo dizer que ADOREI!!!! 
A decoração, a música, o vento....
Brutal!!!!
Acho que até o próprio Alexander, se fosse vivo, se ia arrepiar ao ver toda aquela exposição, muito bem conseguida! 


By Alexander McQueen

De referir que os fatos expostos eram, na sua maioria, aqueles que ninguém usa no dia-a-dia, mas sim, os mais excêntricos e extravagantes, sempre acompanhados com uma frase ou uma referência ao período de vida do estilista!

Não tenho fotos porque, como devem calcular, era COMPLETAMENTE proibido e ainda vi uma senhora a ser levada pela segurança porque...tentou...


By Alexander McQueen

De qualquer das formas, na minha opinião:

Ok, ele era extravagante e tudo o mais, mas considero-o um génio!!!
Nãó é qualquer pessoa que tem a capacidade de criar modelos como os que ele criou!!!

E, mais uma vez, a blogosfera tem destas coisas....

quinta-feira, 30 de junho de 2011

E mais não digo...!!!!

Oh, New York
Oh, New

Grew up in a town
That is famous as a place
Of movie scenes

Noise is always loud
There are sirens all around
And the streets are mean

If I can make it here
I can make it anywhere
That's what they say

Seeing my face in lights
Or my name on marquees
Found down on Broadway

Even if it ain't all it seems
I got a pocketful of dreams
Baby, I'm from
New York

Concrete jungle where dreams are made of
There's nothing you can't do
Now you're in New York

These streets will make you feel brand new
Big lights will inspire you
Hear it for New York
New York, New York

On the avenue
There ain't never a curfew
Ladies work so hard

Such a melting pot
On the corner selling rock
Preachers pray to god

Hail a gypsy cab
Takes me down from Harlem
To the Brooklyn bridge

Someone sleeps tonight
With a hunger for more than
An empty fridge

Imma make it by any means
I got a pocketful of dreams
Baby, I'm from

New yorkConcrete jungle where dreams are made of
There's nothing you can't do
Now you're in New York

These streets will make you feel brand new
Big lights will inspire you
Hear it for New York
New York, New York

One hand in the air for the big city
Street lights, big dreams, all looking pretty
No place in the world that can compare
Put your lighters in the air
Everybody say yeah, yeah

In New york
Concrete jungle where dreams are made of
There's nothing you can't do
Now you're in New York

These streets will make you feel brand new
Big lights will inspire you
Hear it for New York
New York, New York


Alicia Keys
Empire State of Mind

terça-feira, 21 de junho de 2011

AVISO



Não que duvide da palavra de quem me trouxe (quase obrigada) para o mundo da blogosfera, mas realmente, tenho-me divertido nos últimos tempos a visitar e a ler outros blogues!

Realmente, é fantástico ver o tempo que as pessoas dedicam a escrever e a contar episódios das suas vidas, colocarem dúvidas ou, pura e simplesmente, falarem de tudo e não falarem de nada!!!

Por outro lado, por triste que isto possa parecer, começo a duvidar seriamente do meu (suposto) jeito para escrever...

Bem, de qualquer forma e ao contrário das obras do Túnel do Marquês, o meu blogue vai estar fechado para obras por um ou dois dias...vou-me dedicar a editar o meu perfil e dar uma nova imagem ao meu novo "cantinho"!!!

Ok, na pior das hipóteses, volto no fim-de-semana com novidades! Mas prometo...as minhas crónicas "Forretices Fashion" vão continuar e novas vão surgir...

Aos poucos que me seguem...Até jáááááááááááá 

quinta-feira, 16 de junho de 2011

"Forretices Fashion"



Quando vamos ao supermercado e precisamos daquele produto, normalmente, procuramos as hipóteses disponíveis, preços, quantidades, etc...

No entanto, quando a ganância em poupar supera a inteligência, deparamo-nos com situações como:

- Precisamos de sacos de fecho hermético.(uma coisa muito usada nesta terra)
- Sabes qual é o tamanho dos sacos?
- Sim, os mais pequenos...

Agora, as hipóteses disponíveis, eram:

A - 15 sacos, com fecho "deslizante", $3
B - 40 sacos com "fecho manual", $3,40

Na vossa opinião, qual seria a hipótese que compensaria mais??

Pois é...esqueçam as contas que todos fazemos relativos à relação preço/quantidade...
Às vezes, a inteligência não chega para tanto....

quarta-feira, 15 de junho de 2011

"Forretices Fashion"


Conforme prometido, hoje tem ínicio a minha crónica "Forretice Fashion", onde vou passar a dar a conhecer alguns dos episódios caricatos que tenho vivido nos últimos dois meses e, segundo me parece, vou continuar a viver, pelo menos, nos próximos 11....

Uma característica bastante interessante das famílias americanas, passa por ter casas bastante bem equipadas, com jacuzzis exteriores, ares condicionados enormes (daqueles que conseguem mesmo deixar uma pessoa a bater o dente ou a suar que nem um cavalo), um frigorífico cheio de espaço e 350 interruptores para a luz, que fazem com que todas as noite haja um enorme jogo, de cintura e psicológico, para se conseguir apagar as luzes todas da casa.

No entanto, tudo isto parece muito bonito e digno de nos poder fazer inveja, mas vejamos:

- Estão 40ºC lá fora.... Dentro de casa, não se aguenta!

Questão lógica: Porque não ligar o Ar Condicionado?
Resposta: "Nem pensar!!!! Isso gasta dinheiro!!!!"



Está calor lá fora, um jacuzzi no jardim, a olhar para nós e a dizer: "Vem e molha-te nas minhas águas(que podem estar à temperatura que nós desejarmos)!!!"

Hipótese Lógica: Vamos limpar o Jacuzzi e fazer dele uma espécie de "piscina".
Resposta: "Só a água que vamos ter de gastar para encher....Hum, não me parece que queira pagar essa conta de água!"


Quando a luz falha a meio do jantar, inocentemente, pensamos quais os tipos de alternativas disponíveis... velas, lanternas, talvez um gerador....
Existe uma lanterna, mas não tem pilhas...(são caras...)
Existem velas, mas são perigosas porque pode haver um incêndio...
Surpreendentemente (pensei eu), existe um gerador...pois é...acalmem-se, pois sei que estão a pensar que algo com nexo está para acontecer!!!!Mas não....

Questão Lógica: Ora, se a luz falhar, o gerador começa a funcionar. como tal, não há motivos para preocupações, certo?
Resposta: "Não é bem assim. O gerador não vai funcionar, porque é a gasolina e neste momento a gasolina está cara. Como tal, não vou encher o gerador."

Fechem a boca....Vá, meninos e meninas!!!



Numa ida ao supermercado....

Bem sei que no poupar é que está o ganho e atenção! Eu sou apologista dos produtos de marca branca, até porque, estes podem ter a mesmíssima qualidade do que os chamados produtos de marca, por um preço muito mais baixo.
Mas verdade seja dita que, quando a diferença se prende em 0,01€ (sim, um cêntimo), não me preocupo muito em andar à procura da mesma coisa mas de marca branca...
Pois é...
Numa ida ao supermercado, descobri que andar em filinha é regra porque os preços têm de ser controlados ao máximo (até parece que eu só aceito queijo Brie de 100€/kg), já para não falar que é preferível gastar menos 0,01€ no sumo de laranja, mas ao menos, trazemos para casa uma água com cor alaranjada que sabe a TUDO, menos a sumo de laranja....


Ai, amigos...como podem ver, nem tudo na vida é fácil....

Não percam os próximos capítulos porque eu...de certeza que também não os vou perder!!!!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Crónica das Crónicas

Tio Sam

É uma verdade que nem tudo o que acontece por terras do Tio Sam, é mau, mas também posso dizer que há alguns hábitos e costumes deveras estranhos...

Nem sei se deveriam ser chamados de hábitos e costumes ou apenas uma representação de um estado de loucura tal que perde qualquer razão para ser explicado.

Como tal (e como acho que há coisas que devem ser partilhadas), numa tentativa de corromper as típicas fotos intituladas de "Portugal no seu melhor", a partir de amanhã, darei ínicio a uma crónica no meu Blogue.

"Forretices Fashion", será o nome...

Poderão perceber do que estou a falar, assim que lerem o primeiro capítulo...

Entretanto, não prometo o lançamento amanhã porque...The Gift em Nova York!!! Aqui vou eu!!!!

Ah Ah Ah Ah

sexta-feira, 3 de junho de 2011

domingo, 29 de maio de 2011

Uma morte anunciada...

Opa, eu até gostava...mas enjoei!!!!




Como alguns de vocês sabem, tenho enfrentado um grande problema desde que me encontro em terras de Tio Sam...
O excesso de consumo de frango por parte da família com quem vivo!

1º, o motivo seria o facto do pai gostar muito de galinha e ele era quem fazia a ementa cá de casa;
2º, consegui perceber que era exactamente pelo facto de ser dos alimentos mais baratos;
À 3ª, tentaram convncer-me, em vão, que era por ser mais rápido de cozinhar...
e digo em vão porque, para quem não sabe, estou a viver com uma família judia e todos os judeus são conhecidos pela sua pouca vontade de gastar dinheiro!

E acreditem que é mesmo verdade...

Pois é, mas ao fim de 54 dias a viver em terras de Tio Sam, consegui dar por terminada a minha "guerra" coma  galinha!

Numa viagem de carro até Hamptons, a minha querida host mother (de quem eu gosto muito), começou a falar de comida! Opa, eu aproveitei o pretexto e, finalmente, de forma muito simpática e súbtil, matei o frango!
Expliquei-lhe que não dava para ser assim! Já não consigo olhar para o frango, enjoei, tenho vómitos e não estou habituada a este tipo de alimentação, pelo que alguma coisa vai ter que mudar!!!

Estranhamente, a reacção dela foi: "Ah, eu realmente já tinha reparado que sempre que é frango (note-se, todos os dias), tu só comes o acompanhamento!!!"

Agora, pergunto eu: como é que estas cabecinhas nunca perceberam que era pelo facto de ser frango dia sim, dia sim????

Que enjoo!!!!!!!

Mas acho que a minha vida vai mudar a partir desta semana, uma vez que deixei bem explícito que vou começar a comprar outro tipo de comida!!!

De qualquer das formas, acho que vou escrever um manifesto a favor dos frangos deste mundo, cuja raça está prestes a entrar em vias de extinção e cujos aviários não vão ter capacidade de salvar!!!
Acreditem no que vos digo até porque, um dia, em conversa com outra rapariga que também está cá, percebi que a família com quem ela vive come bastante frango (não todos os dias, mas com alguma frequência).
Agora, multipliquem o número de americanos, por dois frangos por dia! Sim, porque na minha casa não se come muito, mas acreditem que há aqui muitas boquinhas que não se iriam contentar com um frango apenas para uma refeição!!!


Aqui fica uma pequena homenagem aos frangos deste mundo fora!!!!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

A "Recompensa" pela captura de Osama Bin Laden

O GRANDE acontecimento do dia (ou da noite)
O mais certo, será muitos de vocês não perceberem o porquê do título deste post, mas quem convive com a minha irmã está, certamente, a par do que tenho sofrido graças a um desejo aguçado que a família com quem vivo tem, relativamente a comer galinha.

Resumindo...
A galinha é cozinhada nesta casa, dia sim, dia sim...e quando há um dia em que não é cozinhada, é porque houve sobras do jantar do dia anterior.
É verdade que a receita não é sempre a mesma, mas não deixa de ser galinha!!!!!

No entanto, e por irónico que pareça e como todos devem saber, ontem foi gritado ao mundo que as Forças Americanas tinham, finalmente, conseguido matar Osama Bin Laden!
Embora ainda ninguém tenha visto uma prova em concreto, como uma foto (se bem que podemos fazer milagres com Photoshop), os americanos saíram às ruas, festejaram, mandaram os foguetes, apanharam as canas e ainda continuam a festejar...acho que vai ser eterno!

Por um lado, ainda bem que isso aconteceu porque sempre é menos um terrorista à face da terra, mas acho que não devem considerar que o Mundo agora é um sítio mais seguro...

Sim, engane-se quem pensa que este senhora já não tinha um sucessor!!!
Neste momento, esperamos que não estejam já a planear retaliações!!!

Bem, mas o que me leva a escrever hoje, claro que também tem a ver com a magnitude do acontecimento, mas também, porque hoje, graças à felicidade sentida pela minha família, o jantar foi...

(Tambores a soar...ouvem???)



Peixe
É verdade...Hoje o jantar foi PEIXE!!!!!!

Acho que, desde que cá cheguei, ainda nem sequer me tinha passado pelo nariz!!!

Devo dizer que esta foto foi retirada da Internet porque, como é óbvio, não podia ter corrido tudo a 100%...

(Oh p'ra mim a chorar...)

Às 2ªs feiras, tenho o encontro de Au Pairs no sítio que passou a ser a minha 2ª casa, ou seja, o Starbucks.
Infelizmente, as minhas meninas estão doentes (e rezingonas), o que nos levou ao pediatra, causando um atraso na nossa/minha agenda social.
Como tal, o jantar não estava pronto a horas razoáveis para que me pudesse sentar e saborear o PEIXE!

Ok, mas não fiquem tristes porque não jantei galinha!!
Muito gentilmente, disse à minha "host mother" que tinha alguma pressa e que poderia sempre fazer uns ovos mexidos! (safei-me!!!)

(Pormenor: ela disse-me que, se não quisesse cozinhar, podia sempre comer os restos de galinha que estavam no frigorífico do jantar de ontem...)

BOA NOTÍCIA:

O meu almoço, amanhã, vai ser....

(Tambores a tocar, novamente....)

PEIXE!!!!!!

Opa, para mim, a morte do senhor Osama Bin Laden foi qualquer coisa de fantástico!!!

Ok, por todos os motivos e mais alguns mas, principalmente, porque me livrou da galinha, pelo menos, por duas refeições!!!!


VIVA O PEIXE!!!!!!!!!!!!!!

P.S - Devo dizer que esta notícia foi, mais ou menos, o equivalente ao casamento real no Reino Unido...Quando me deitei (sim, proque eu nunca me deito às 9 da noite), estava o Preseidente Obama a dar a conferência de Imprensa. Quando acordei, não se falava noutra coisa!!!
Ah e tal...Obama és o maior!!!! (é o que todos os americanos agora dizem!!!!)

P.S do P.S - Maninha, bem sei que te acordei a meio da noite com a minha mensagem, mas diz lá que não é uma sensação fantástica receberes estas notícias primeiro que toda a gente????

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Sai um croissant e um café expresso!!!!!

Café Expresso



Croissant
Que saudades que tenho de um croissant com manteiga (e não sou exigente...) e um BOM café expresso!!!

Acho que ninguém tem noção do quão díficil pode ser encontrar estas duas iguarias por terras de Tio Sam.
Afinal, eu só quero poder sentar-me num café, comer o meu croissant e beber o meu café!!! Dispenso aqueles pequenos-almoços que nos dão a volta ao estomâgo só de olhar...hamburgueres, bacon frito, ovos mexidos (que parecem tudo menos ovos mexidos).

Finalmente, ontem, descobri um sítio, não muito longe de casa, que serve estas iguarias!

Não me queixando, mas queixando...dispensava os Kgs de manteiga que eles põem nos croissants (mas que vou pedir para alterar a próxima vez) e o facto de ter de por 2 pacotes de açucar para que o café se torne "bebível"...

Enfim...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

O fim da formação e...a Tour por Nova York

Portugal, Brasil, Macedónia, Holanda e USA, representados pela Jodi, aquela Sra. muito simpática que nos deu a formação
Voltando um pouco atrás, para me situar a mim mesma e a quem segue o meu blogue, tivémos 3 loucos dias de formação.
Estas fotos já são do último dia...
Claro está que eu tinha de ter mais uma foto com as brasileiras, mas desta vez, juntámos mais uma holandesa, a rapariga da Macedónia e a Jodi.
Jodi era uma senhora muito simpática, americana, que nos aturou durante 3 dias. Acho que todas nós, cada uma à sua maneira, lhe deve um OBRIGADO! Sempre muito atenciosa connosco, nunca deixou que nada nos faltasse e, como a própria função o exige, sempre com muito cuidado com o inglês, usando palavras e expressões para que todas percebessemos!
Sim, porque por aquilo que percebi, havia ali muita gente que nem uma conversa básica em inglês conseguia ter e eu fiquei muito feliz porque sempre que falei com ela, recebi elogios ao meu inglês que, embora não seja perfeito, é suficiente para manter uma conversa e para falar para o "público" como tive de fazer num dos exercícios que nos foi proposto durante a formação.

Uma última foto com a "sensação da noite" - Portugal e Brasil
 Ai...
Claro está que é sempre giro tirar imensas fotos, mas o estranho é quando sabemos que são as últimas!
Espero, sinceramente, voltar a encontrar maior parte das pessoas que conheci durante estes 3 dias mas, caso isso não aconteça, estas fotos ficarão para sempre, como uma recordação!
Uma das expressões que as brasileiras usavam era "Acho chique!"... Escusado será dizer que criaram um grupo no Facebook que se chama "Acho Chique".
Como esta expressão era sempre em português, tinha uma entoação ainda mais gira...
É chique e pronto!!!!


Uma das coisas que tivémos oportunidade de fazer durante a formação, foi uma tour a Nova York. Claro está que apenas visitámos aqueles sítios mais emblemáticos e, nalguns deles, nem sequer saímos do autocarro...até porque, para nosso azar, estava a chover!
Mas, como é óbvio, isso não nos impediu de...FOTOGRAFAR!!!

Top of the Rock - Olhar para NYC cá de cima
A primeira paragem foi no Rockefeller Center, onde visitámos o "Top of the Rock". É o edíficio que se encontra na praça Rockefeller e que nos permite olhar para NYC e arredores, bem lá de cima... não sei exactamente quantos andares subimos (porque ia distraída), mas posso dizer que foram muitos!!!
A esta hora de noite, é incrível ver a quantidade de luzes que há nesta cidade e o movimento que tem... enfim, estamos a falar de NYC, "a cidade que nunca dorme!!!"


A típica foto em Time Square
Depois, parámos em Time Square...
É incrível!!!!
Sabem aquela sensação de "eu conheço isto de algum lado!!!"???
Foi exactamente isso que senti... todas aquelas imagens que vemos na TV, as milhentas luzes acesas, gente a andar de um lado para o outro, carros sempre a andar, imensos táxis...
Tive uma sensação fantástica, do tipo de estar no centro do mundo, naquela cidade, em Nova York!!!!
Devo dizer que nunca foi O destino de eleição, mas fiquei APAIXONADÍSSIMA!!!!!
Ainda bem que vim, ainda bem que fui fazer a tour e ainda bem que estou tão perto de Nova York...
Aliás, é chique!!! Sim, porque agora posso passar os meus fins-de-semana em Nova York e em tantos outros sítios!!! Aguenta coração!!!!

Time Square
 Luzes, Carros, Gente, Lojas...

Rockefeller Center
Tive pena porque só faltava mesmo a árvore de Natal, mas tenho esperança de ainda ter essa hipótese e vê-la...mas o sitio é lindo...
A única desilusão, foi o tamanho da pista...sim, porque nos filmes parece maior...mas, de qualquer forma, não perde o seu encanto!!!

Rockefeller Center
Bem, agora, a parte louca...
Enquanto que a maior parte das raparigas foi para as compras, eu tomei outra decisão...
Vejamos...
Estou a viver a menos de 1 hr de NYC, portanto, terei imensas hipóteses de voltar, como tal, não preciso de ir já para as lojas...
Longe de mim criticar quem o fez, mas achei que, primeiro, tinha outro bichinho da curiosidade a matar...Sim, porque a minha querida irmã, quando esteve cá de férias, deixou-me com o bichinho porque só falava na loja da M&M's!!!
Para onde é que eu fui gastar os meus primeiros dólares???? Exactamente...Para a loja da M&M's!!!

Logo à entrada, temos este M&Elvi's...Loucura total....

Acho que foi a partir deste momento que aboli a expressão "à grande e à francesa" e passei a utilizar "à grande e à americana!"
Loja M&M's
Todas as imagens que tinha na minha cabeça sobre esta loja, correspondiam totalmente à realidade. Claro que os relatos da minha irmã também ajudaram, mas acho que uma pessoa tem mesmo de ver para sentir isso! A loja tem 3 pisos, em todos eles há chocolates (claro), de todas as cores e sabores, imensos bonecos alusivos, desdo o M&M vestido de Elvis, à Estátua da Liberdade, todo o tipo de merchandising...e quando digo todo, digo mesmo TODO!!!
Se eu estivesse cá de férias, acho que teria gasto logo ali uma boa parte do meu dinheirinho...mas controlei-me muito bem e comprei apenas alguns M&M's com manteiga de amendoim para matar a saudade...

Se eu já tinha alguma pancada por M&M's (em termos de bonecos), ainda fiquei pior!! Parecia uma criança a entrar numa loja de brinquedos e aqui, mais uma vez, os meus olhos comeram...e muito!!!!

Aconselho vivamente a quem vier a NYC a visitar esta loja porque vale mesmo a pena!

Outra das coisas que me tem surpreendido bastante, é o facto de podermos tirar fotos em quase todas as lojas e, uma coisa é certa, as pessoas, os empregados, os ajudantes, são todos super simpáticos e super prestáveis!
É uma pena que não se possa fotografar assim em todo o lado porque é, sem dúvida, uma recordação com que ficamos...muito saborosa!!!!

terça-feira, 12 de abril de 2011

3 Loucos Dias de Formação

Portugal e Brasil
É verdade...
Embora possa não parecer, foram 3 dias de loucura, de entrada de informação directa, por vezes, quase sem tempo para acordarmos!
Nesta altura, o jet lag ainda estava mais do que inserido na nossa cabeça e, às 8.30 da manhã, não era fácil receber e processar tanta informação...pelo contrário!!!
Cada vez que olhava à minha volta, dava para perceber o ar de angústia da maior parte das raparigas e poucas foram as vezes que ninguém adormeceu quando apagavam as luzes para nos mostrar filmes sobre a boa educação americana!
No entanto, tal como eu, maior parte das raparigas tinham máquinas fotográficas e os momentos mortos eram passados a guardar memórias daqueles dias.                                                                      
                                                 

Portugal, Macedónia e Tailândia
Tal como toda a gente me tinha dito, ia conhecer gente de todo o mundo. Até de sítios que sabemos que existem, mas nunca estamos à espera...
É verdade...
Como já tinha dito, tinha uma rapariga da Macedónia e uma da Tailândia no meu quarto, mas foi com a da Macedónia que criei mais laços.
Como costuma acontecer nestas situações, estreitei laços mais com umas do que com outras, mas houve situações particularmente giras!

A festa com as brasileiras começou logo no 1º dia, quando percebemos que podíamos falar em portugês umas com as outras...Falar a nossa língua sabe tão bem!!!
Para além disso, eu era a 1ª portuguesa que muitas delas conheciam, como tal, passei a ser como que a "atracção"! Fizeram imensas perguntas sobre Portugal, sobre as diferenças de linguagem...miúdas muito fixes!!!
Demo-nos tão bem que fui apelidada da "estrela da noite" porque todas quiseram tirar uma foto com a portuguesa que, rapidamente passou a ser a "falsa brasileira" e isto, porque sempre que queriam tirar uma foto de grupo das brasileiras, eu era sempre chamada!!                                                        

Portugal e África do Sul
Depois, vieram as meninas da África do Sul.
Muito sinceramente, ainda não percebi muito bem porquê, mas eu e a Jessica (a do meio), fizémos logo um "click" e desde o primeiro dia, nunca mais nos largámos!!
Super simpática, super divertida e muito, muito querida...
Hoje, olho para trás e fico muito feliz por tê-la conhecido!!!
A outra rapariga também era muito fixe, mas como ficou mais longe, não tem sido tão frequente o contacto entre nós!


Portugal e Brasil
Novamente, as brasileiras e a "falsa brasileira".
Uma coisa é certa...havia sempre festa por dois motivos: tudo e nada!!! 

Éramos 82 raparigas....dá para perceber???
Por esta altura, já estávamos no último dia de formação e, enquanto levávamos a última ensaboadela de informação, as nossas malas foram todas colocadas no Hall exterior do hotel...
(sim, estava lá alguém a tomar conta delas...!!!)
Escusado será dizer que, quando viemos cá fora, morremos de tanto rir quando vimos esta enorme quantidade de malas...
Ok, éramos 82 raparigas e, muitas delas (que era o meu caso), tinham mais do que uma mala.
Mas é sempre giro perceber o que acontece quando juntam 82 raparigas que vão viver num país diferente por 1 ano!!
Malas, malas, malas, malas, malas, malas.... 

Portugal, Brasil, Macedónia e Malásia
Quando a formação acabou ( e estávamos todas contentes), decidimos tirar (mais) umas fotografias!
Aqui, a miscelânia já foi maior...mas valeu a pena!!
Por muitas pragas que tenhamos rogado àquela formação, foram 3 dias muito giros, em que conheci montes de gente (de todo o lado), aprendi imensas coisas sobre este país, esta cultura e a educação que dão às crianças, assim como deu para perceber que...também têm o seu "Q" (maiúsculo) de loucura!!

De qualquer forma e, cada uma à sua maneira, acho que todas agradecemos a paciência que tiveram connosco, o cuidado que tiveram em falar devagar e usar termos acessíveis para que todas percebessemos o que se passava e a atenção que nos foi dispensada...


Há mais coisas para contar, mas não pode ser tudo de uma só vez!!!
Ah Ah Ah Ah Ah
(sim, falta falar da Tour por New York City!!!!)

sábado, 9 de abril de 2011

New York City...Here I am!!!

Top of the Rock - Rockefeller Plaza - New York City

É verdade...


Finalmente, posso dizer que estou em terras do Tio Sam!


Esta talvez seja uma das maiores aventuras da minha vida! É óbvio que as pessoas não vão fugir, a minha casa não vai sair do sítio e os amigos não vão deixar de o ser, mas não é fácil tomar uma decisão destas. A verdade é que decidi deixar para trás a minha casa, o meu país e tudo o que me "pertencia" em terras lusitanas, em busca de uma avnetura que, em parte, continua a ser uma incógnita!


Aqui estou, nos EUA, a viver com uma nova família, a conhecer os seus hábitos e costumes e a tomar conta das suas crianças, a Molly e a Zoe.
Duas gémeas, com 15 meses, adoráveis, super simpáticas e que reagiram muito bem á minha chegada.


Ok...o início não foi bem assim...


1º, veio a choradeira no aeroporto....
depois, apanha avião aqui, sai ali, faz escala aqui e isto, sempre a rezar para que nenhuma das malas ficasse perdida em lado nenhum!
Finalmente, cheguei à terra do Tio Sam. Frio, algum, mas sem qualquer noção do que esperar, sendo que, com algum receio do 1º encontro no aeroporto. Não o encontro com o pessoal da organização, mas sim com o pessoal da alfândega. Sim, porque nunca se sabe o que esperar desta gente...
Afinal, tudo correu bem, o meu passaporte foi carimbado e já me podia considerar legal...


Depois, o 1º impacto! Imensas miúdas no aeroporto, tão ou mais nervosas, sem saber muito bem o que pensar, o que dizer e aí, o que me preocupava mais era o não conseguir ligar para casa...depois, mais tarde, descobri porquê... esta gente não usa o 00351, mas sim, 351...
Enquanto que uns se queixam de números a menos, aqui é ao contrário!!!


Finalmente, lá consegui dar sinal de vida, mas não por telefonema...só sms....


Quando finalmente aterraram todas as miúdas, malas revistadas (que não foi o meu caso) e tudo com carimbos, fomos levadas para o hotel em Stamford, onde ficámos hospedadas por 4 dias, onde tivémos formação.
A forma como as coisas estavam organizadas, era inteligente...estávamos divididas 3 por quarto, sendo que a divisão era feita consoante a zona geográfica onde ficávamos instaladas.
Como tal, calhou-me uma rapariga da Macedónia( muito fixe) e uma tailandesa, que não comunicava...só abanava a cabeça...por momentos, pensei que talvez fosse indiana e não tailandesa...

Como devem calcular, a minha saga teve inicio aí mesmo...questionei-me várias vezes como é que poderia ter medo do meu inglês, quando estava a conseguir comunicar com toda a gente!!!

Entretanto, no hall do hotel, tive um momento de felicidade...comecei a ouvir falar em português! Era um grupo de brasileiras, também Au Pairs, que tinham acabdo de chegar do aeroporto!
Claro que eram super espalhafatosas, mas ficaram igualmente felizes quando perceberam que eu era portuguesa....
No fim, era um grupo muito giro, que conseguia comunicar muito bem (tudo na mesma língua) e que se deu muito bem durante estes 1ºs dias de aventura por terras do Tio Sam.

Para além deste grupo de brasileiras, havia uma francesa, algumas holandesas, alemãs, suecas, suiças, tailandesas, uma inglesa...posso dizer que era um grupo bastante bem recheado, sendo que eu era mesmo a unica portuguesa...

O 1º dia correu bem, sempre com aquele receio no fundo do peito, sem saber muito bem o que dizer ou pensar e, tal como eu, calculo que algumas tenham perguntado a elas mesmo o que estavam ali a fazer, mas acho que essa sensação durou apenas uns minutos.

Conheci a Jessica, uma sul-africana muito simpática, super querida que, sem eu saber muito bem porquê, "atracou-se" a mim desde o primeiro dia e nunca mais me largou. Felizmente, estamos até muito perto uma da outra.

Como devem calcular, ao fim deste alucinante dia, assim que caí na cama, nem tive tempo para pensar em contar carneiros...só me lembro que a cama era extremamente confortável e que adormeci que nem um bébé...
(acho que, mais ou menos como vai acontecer agora....)

Prometo regressar amanhã para actualizar o resto desta útlima semana, que tem sido uma loucura...
(infelizmente, não consigo mesmo que o meu pc leia o cartão da Sony, pelo que terei de arranjar uma alternativa, até porque, blogar sem fotos, não tem a mesma piada!!!)